Orçamento: como montar corretamente com agilidade e automação?

Orçamento: como montar corretamente com agilidade e automação?

como montar um orçamento corretamente

Ter uma marcenaria requer cuidados com matérias-primas, móveis fabricados, satisfação dos clientes e mais. Tudo isso é importante, mas o sucesso ainda depende de outro ponto crucial: saber montar um orçamento correto e com agilidade.

Parece algo bastante simples, mas é bastante comum encontrar profissionais que precificam com base em “achismos” e têm prejuízos. Para evitar essa situação, é necessário se profissionalizar no aspecto financeiro para conquistar competitividade.

Como chegar a esse patamar? Neste post vamos mostrar que a resposta passa pela tecnologia. Também apresentaremos a importância de montar um orçamento correto e os problemas de elaborá-lo de forma manual. Acompanhe.

A importância de montar um orçamento correto

A montagem do orçamento serve para definir quanto vale seu trabalho. Perceba que a ideia é mais que calcular os custos implicados na produção. Você também precisa atentar se à margem de lucro e a uma precificação justa.

A proposta é garantir valores compatíveis com o que é percebido pelo mercado e com as possibilidades financeiras do cliente, sem se esquecer das demandas internas do negócio. Desse modo, você tem capital suficiente para investir e crescer de maneira sustentável.

Por esse motivo, o orçamento é uma ferramenta de relacionamento com o cliente. Quando ele deseja um móvel específico, mas desconhece a viabilidade financeira do objeto, cabe a você oferecer dicas e soluções práticas, que o ajudem a tornar seu ambiente mais bonito e funcional.

Tudo isso só é conseguido quando você tem ideia de quanto cobrar. Portanto, é necessário ter um orçamento preciso, montado a partir de um processo padrão. Além de assegurar a agilidade, essa também é uma maneira de replicar o cálculo para diferentes tipos de clientes e projetos.

Quando você insiste em elaborar o orçamento manualmente, a tendência é haver muitos erros e retrabalhos, que implicam em perdas e prejuízos financeiros. Os dados ainda podem estar desatualizados, o que torna o trabalho ainda mais complexo e suscetível a falhas.

Os problemas de fazer o orçamento manual

Muitos problemas surgem na montagem de um orçamento manual. O principal é a desatualização da sua empresa. Em um mercado competitivo, os concorrentes tendem a estar em processo de atualização e automação. Com isso, eles já sabem quanto devem cobrar e qual é sua margem de lucro. Também acompanham os valores praticados.

Ao ignorar essa boa prática, você deixa de encarar a atividade como uma medida estratégica, que ajuda a estruturar o seu negócio. Como o resultado, temos os problemas financeiros, que colocam sua empresa em uma posição mais baixa perante a concorrência e com mais dificuldade de alcançar as metas traçadas.

Ao mesmo tempo, você deixa de ser ágil e nem sempre baseia seu orçamento em dados precisos. Isso acontece, inclusive, quando utiliza uma planilha Excel. Por ser pouco automatizado, esse recurso tende a apresentar erros, que levam a problemas de cálculo.

As informações são pouco fidedignas e seguras. Por isso, é importante considerar a integração. Isso é conseguido com a ajuda de um software específico, que tenha a função de montagem automática do orçamento.

Em outras palavras, ao deixar de lado a automação, você trabalha com recursos ultrapassados, que tendem a gerar erros. As falhas impactarão seus resultados e até a qualidade do serviço prestado.

A necessidade de usar um software com o cálculo automático de orçamento

A melhor maneira de montar seu orçamento de forma ágil e precisa é apostar na automação. Com um software específico para marcenarias e fábricas de móveis, você precifica todos os serviços de forma adequada e segue um processo padronizado e replicável.

Para esse trabalho, você precisa contar com uma solução de ponta a ponta, como um ERP ou um software de projeto, venda, produção e gestão para marcenarias. A proposta para ambos os casos é a mesma: ter um módulo comercial ou fiscal que garanta dados atualizados e precisos.

Ao contar com essa ferramenta, você alcança vários benefícios. Conheça os principais a seguir.

Agilidade por meio da automação

O orçamento é um documento direcionador da negociação, mas que considera diferentes variáveis. Ele precisa avaliar o escopo do projeto, os prazos, as fases e os custos estimados. A partir desses dados, ele calcula o valor da mão de obra e adiciona a margem de lucro estabelecida.

Dentro desse contexto, ainda é preciso trabalhar a composição de custos. Com um software, são considerados diferentes indicadores de produtividade e informações de uso de equipamentos e materiais.

No caso da marcenaria, por exemplo, os três principais aspectos de influência sobre o preço são: projeto, planejamento de corte e produção. Nessas variáveis estão incluídos custos indiretos, usinagem, furação, colagem de fitas de borda e mais. Desse modo, a montagem do orçamento é mais acertada.

Padronização do processo de orçamento

O orçamento é único para cada projeto, porque eles têm suas especificidades. No entanto, o processo de elaboração deve ser padronizado. O objetivo é considerar sempre os mesmos aspectos — o que é assegurado pelo software — e realizar atividades iguais para alcançar o resultado certo.

Com a ajuda da tecnologia, você apenas configura os dados que deseja, como a margem de lucro, e preenche as informações do escopo do projeto. O cálculo é realizado de forma automática, sempre com base nas mesmas variáveis.

Caso você precise mudar algum item, como o custo de um insumo ou matéria-prima, basta anotar no sistema e ele modifica apenas esse quesito. O restante ainda é calculado da mesma maneira.

Precificação correta

O preço de um móvel precisa ser formado a partir de custos de produção, margem de lucro, materiais e deslocamento. Para calcular o valor de forma correta, é necessário contar com dados precisos e fazer um cálculo complexo, que considere todos esses critérios.

O software faz isso de forma prática e ágil. Em poucos segundos, você tem o preço mais adequado para o projeto, considerando suas necessidades e as do seu cliente. Isso também ajuda na gestão financeira, já que, com o tempo, é verificado o nível médio de desperdícios e gastos, além da rentabilidade — fatores que precisam ser avaliados no preço final.

Como você pôde perceber, montar um orçamento pode ser ágil, padronizado e acertado. Basta investir na automação. Com esse auxílio, você atende seu cliente da melhor forma possível, garante finanças sustentáveis para o seu negócio e ainda tem acesso a relatórios, que ajudam a tomar decisões futuras.

Entendeu por que é preciso usar um sistema específico para sua marcenaria? Aprofunde seus conhecimentos sabendo como uma solução integrada garante o sucesso da sua fábrica de móveis.

Compartilhe este artigo

Artigos relacionados

Renderização: aprenda 3 técnicas para encantar clientes e aumentar as vendas
Marcenaria, Designers e Arquitetos

Renderização: aprenda 3 técnicas para encantar clientes e aumentar as vendas

O mercado moveleiro está em constante expansão no Brasil e o Rio Grande do Sul lidera o cenário. Saiba mais sobre a importância da Promob para esse setor.
Fábricas, Marcenaria

Setor moveleiro: conheça os estados brasileiros que se destacam

Maquina CNC
Marcenaria

CNC para marcenarias: como utilizar essa tecnologia no trabalho com madeira

plugins premium WordPress

Inscreva-se

Acompanhe artigos, dicas e tutoriais sobre o mercado moveleiro.