6 MELHORES PRÁTICAS PARA APRESENTAR PROJETOS DE FORMA REMOTA

6 MELHORES PRÁTICAS PARA APRESENTAR PROJETOS DE FORMA REMOTA

Você pode ser o(a) arquiteto(a) ou designer de interiores com maior capacidade de levar a arte decorativa para dentro da casa de seus clientes, pode também, ser expert em fornecer ambientes internos aconchegantes e funcionais, esbanjando técnicas gráficas, de iluminação, estudo de cores, mobiliário e acabamento. Entretanto, se não souber apresentar projeto corretamente, será difícil aumentar a carteira de clientes.

Em uma área que trabalha com o intangível, parecer é, no mínimo, tão importante quanto ser. Isso significa que você deve ser capaz de entregar o melhor, mas, mais que isso, convencer que você está apto a fornecer tal nível de excelência. E isso passa por aprender a fazer uma apresentação de projetos excepcional.

Pensando nessa importância (especialmente em tempos de isolamento social), decidimos trazer abaixo as melhores dicas para que você possa encantar clientes (e fidelizá-los) ao apresentar seus projetos de forma online! Confira!


Qual é a importância de planejar as apresentações de projetos online?

Como já adiantamos, planejar apresentação de projetos online é fundamental para conquistar interessados e fazê-los perceber que vale a pena dar um voto de confiança para que você fique com a (seríssima) responsabilidade de dar vida aos seus lares. Mas não é só isso.

Planejar o ato de apresentar projeto é também mostrar ao futuro cliente (ou atual) quais os caminhos que você pretende seguir, abrindo margem para que ele possa opinar e lapidar suas ideias antes que elas saiam do software para a vida real.

Se você não consegue mostrar o que pensou, certamente gerará ruídos de comunicação ou não permitirá que o cliente agregue valor com a expressão de suas expectativas. E isso costuma resultar em decepções.

As razões orçamentárias também ficam mais claras com uma boa apresentação do projeto. É aqui que todas as nuances de suas ideias serão expostas; trata-se da bússola de sua missão, sem a qual é impossível inclusive materializar o que você pensou.

Trata-se, em resumo, do momento-chave para a conquista do cliente e entrega de um produto/serviço de qualidade.


As 6 práticas sagradas da apresentação de um projeto de excelência

Você pode sistematizar a apresentação do seu projeto de design de interiores e/ou arquitetura seguindo passos abaixo.

1. Crie um roteiro prévio

Especialmente em tempos de quarentena, quem conseguiu deslocar seu trabalho para o ambiente virtual saiu na frente da concorrência. Considerando que estamos falando de profissões inteiramente apoiadas na tecnologia, não é difícil se adaptar para captar, apresentar e fechar negócios totalmente pela web. Mas isso exige alguns cuidados.

A apresentação pessoal traz ao presenter um nível de fluidez na comunicação que é mitigado quando transferido para uma tela de computador. Isso exige cuidado redobrado na criação de um roteiro, a fim de que eventuais entrecortes na conexão não prejudiquem a transmissão da mensagem.

Dessa forma, elabore um script minucioso de todos os pontos que serão tratados para apresentar projeto de forma clara, lógica e sequencial. Explicações sobre materiais e suas interligações com cores, tecidos e texturas devem respeitar um raciocínio que “conduza” o cliente para o resultado que você quer provar que alcançará. Essa capacidade retórica é crucial em qualquer apresentação de projetos online.

2. Utilize boas ferramentas de videoconferência

Como dissemos, por melhor que sejam as tecnologias de banda larga e internet móvel atualmente, uma reunião pessoal é muito diferente de um call por videoconferência.

Vulnerável às intempéries naturais, eventuais manutenções na rede ou até mesmo a qualidade da internet do interlocutor, uma conexão ruim coloca abaixo todo o esforço de planejamento de ambientes e apresentação do projeto.

Por isso, é muito importante que você utilize uma ferramenta com baixo consumo de dados (que não seja pesada), além, evidentemente, de um pacote de internet que não provoque picotamentos, congelamentos, cortes sucessivos ou imagens pixeladas (que distraem o interessado e não permitem “prendê-lo” ao seu raciocínio).

Com relação à plataforma de videoconferência para apresentar projeto, uma das mais famosas, o Skype, por exemplo, recomenda velocidade de download mínima de 8 Mbps para reuniões com mais de 7 pessoas.

3. Posicione-se em local iluminado

Nesse período de quarentena, você se lembra de algum jornalista entrando ao vivo em uma emissora a partir de um quarto escuro, com um fundo repleto de bagunças ou virado para o banheiro? Certamente não.

Profissionalismo se mede pelo cuidado com os detalhes. Assim, o fundo de suas apresentações pode ser totalmente branco (virado para uma porção da parede sem qualquer poluição visual), caso tenha a preocupação de não distrair o interlocutor.

Alternativamente, caso queira sinalizar know-how, pode, propositalmente, efetuar seu call apontado para os livros de sua biblioteca pessoal (os títulos mais destacáveis devem ser, inclusive, “direcionados” para a câmera).

O que não é plausível, entretanto, é fazer sua reunião com baixa iluminação ou sem se atentar ao que aparece no background. Como um arquiteto ou designer de interiores de qualidade, você precisa mostrar isso já com a disposição dos mobiliários em sua própria residência.

4. Escolha um ambiente silencioso

Outra questão muito relevante são os ruídos externos. Além de desconcentrar seus potenciais clientes, a poluição sonora, assim como a visual, pode dar a conotação de amadorismo ao seu trabalho, contaminação que ampliará a dificuldade de conversão antes mesmo de apresentar projeto.

Separe, portanto, um espaço com garantia de silêncio durante todo o período de apresentação do projeto de design de interiores/arquitetura, livre de gritos de vizinhos, latidos de cachorros ou chamados de crianças.

5. Crie/apresente o projeto em um software com tecnologia de ponta

Boa parte do seu sucesso ou insucesso no percentual de conversão depende das ferramentas gráficas que você utiliza. Na verdade, inclusive a qualidade do que você entrega depende muito das soluções tecnológicas que o(a) apoiarão em seu trabalho, haja vista a necessidade de ter uma boa perspectiva geométrica na estimativa de espaço, simulação de sinergia entre materiais, entre outras variáveis.

Com isso, é imprescindível ter um software 3D para parametrização na projeção de dimensões, liberdade de experimentações na combinação de revestimentos e uso de móveis reais transcritos para o ambiente gráfico.

6. Escute quem está do outro lado da tela

Por fim, uma reunião para apresentar projeto não deve ser um monólogo. É preciso, desde a primeira abordagem, entender o que o cliente deseja e, a partir disso, aprimorar suas ideias com sua técnica e expertise na criação de ambientes. Na reunião de apresentação, essa característica não pode ser suprimida.

Em resumo, o conjunto dessas iniciativas sinaliza aos interessados (potenciais clientes) o alto grau de profissionalismo, tecnologia e seriedade de sua marca, transmitindo a credibilidade que você precisa para converter e fidelizar clientes de seus serviços de design de interiores.

Por se tratar de um serviço, em geral, prestado de forma autônoma (ou mediante escritórios pequenos), provar que tem DNA de inovação e ousadia tecnológica (já na apresentação) é crucial para se dar bem no setor!

A Promob pode contribuir para injetar vanguardismo digital em seus projetos online, oferecendo poderosos softwares de criação de projetos 3D. Projeto, renderização, gestão online e planos de corte, tudo em uma única solução, que pode, inclusive, ser integrada a recursos de modulações e publicação ágil de catálogos.

Com o Promob Plus Professional como aliado em seus projetos de design e arquitetura, você tem a mais recente tecnologia de renderização para abrilhantar seus acabamentos, o Real Scene 2.0 (com motor da 2020 Spaces). Além disso, você conta com:

        backup de seus projetos na nuvem;
        centenas de novos itens de decoração à disposição (e itens antigos remodelados);
        extensa biblioteca online, com mais 21 mil itens entre texturas e materiais dos maiores fabricantes do mundo;
        margens e preços online (facilitando a elaboração de propostas comerciais);
        ferramenta automatizada para inserção/edição de paginação;
        facilidade de aquisição (software por assinatura);
        gestão da carteira de clientes online;
        Plugin Revest já incluído.

O principal desafio da área de Arquitetura e Design de Interiores é desenvolver soluções para questões complexas com a apresentação do futuro antes de sua materialização. Isso envolve um caráter visionário que precisa estar subsidiado por um software de projetos baseado em 3D e realidade virtual para informar, convencer e encantar o cliente, antes mesmo da entrega do produto final.

Quer descobrir como seus projetos podem ganhar ainda mais realismo, tecnologia de ponta e facilidade de gestão? Então, entre agora em contato conosco e descubra, na prática, como o investimento em qualidade para apresentar projeto (e desenvolvê-lo) pode mudar para sempre os resultados do seu negócio!

Compartilhe este artigo

Artigos relacionados

tela-de-projeto-renderizado-no-promob-plus
Designers e Arquitetos

Promob Eleva o Padrão na Expo Revestir 2024 com suas Inovadoras Soluções de Software para o Setor Moveleiro

Renderização: aprenda 3 técnicas para encantar clientes e aumentar as vendas
Marcenaria, Designers e Arquitetos

Renderização: aprenda 3 técnicas para encantar clientes e aumentar as vendas

Dicas essenciais para otimizar espaços em apartamentos pequenos: ressignifique as paredes, integre ambientes, aposte em portas de correr e móveis sob medida e multiúso. Transforme seu lar compacto em um ambiente aconchegante e funcional!
Designers e Arquitetos

5 dicas para otimizar o espaço em apartamentos pequenos

plugins premium WordPress

Inscreva-se

Acompanhe artigos, dicas e tutoriais sobre o mercado moveleiro.