Design industrial: como colocar em prática no seu projeto

Design industrial: como colocar em prática no seu projeto

design industrial

O design de interiores é uma área que se apresenta em constante inovação e renovação e, nesse sentido, é fundamental que os designers também acompanhem essas mudanças. Atualmente, uma das maiores tendências é o design industrial.

Ao redor do mundo todo, o estilo chama a atenção por sua praticidade, elegância e funcionalidade, características perfeitas para os imóveis cada vez menores que encontramos nas grandes cidades e, também, para nossas rotinas tão corridas.

O design industrial nasceu recentemente, na Nova York dos anos 50 a 70. Naquela época, muitas pessoas residiam em lofts, espaços acessíveis e construídos de tal forma que se tornou possível integrar o lar com o trabalho com economia e beleza estética.

Quer colocar o design industrial em prática nos seus projetos de interiores? Então, o post de hoje é para você! Com as nossas dicas, você saberá investir de maneira certeira no estilo e tirar o máximo proveito de todas as possibilidades do design industrial. Continue a leitura e mãos à obra!

Harmonize o ambiente

Paredes de tijolo e/ou sem pintura são uma característica marcante do design industrial, mas o estilo está longe de se resumir a isso! Para aplicar o industrial em seus projetos de interiores, é preciso ir mais longe e harmonizar o ambiente como um todo.

Para tanto, os móveis e objetos do lar devem ser guiados pela decoração. Dessa maneira, você criará um espaço elegante e bonito, e não pesado ou excessivo. Portanto, fique de olho na maneira com que cada item harmoniza entre si e com o todo para pensar em uma decoração industrial que deixará o imóvel realmente estiloso.

Assuma o industrial

Quando nos deparamos com paredes sem pintura, janelas enormes, vigas aparentes, pisos rústicos e cimento queimado, o instinto é disfarçarmos ou corrigirmos tudo isso, não é mesmo? Entretanto, essas são algumas das características que marcam a essência do design industrial e, dessa forma, devem ser valorizadas!

O design industrial só funciona se você assumi-lo sem medo. Ambientes integrados, sem divisões por paredes, criam espaços amplos, com tijolos e tubulações aparentes, muita madeira, metal, pedras, concreto e escadas e janelas de grande porte.

Afinal, a ideia do industrial é justamente a de reutilizar aquilo que antes era uma fábrica. Portanto, todos esses elementos valorizam a história do ambiente.

Mas não exagere

Desenvolver um projeto de interiores baseado no design industrial não significa, é claro, que você deve transformar o espaço em um ferro-velho. Para evitar que o ambiente fique pesado e sem vida, não exagere nos elementos que compõem o estilo industrial.

Isso pode ser feito, por exemplo, por meio de toques de cor, trazido por objetos decorativos, mesmo que pequenos. Eles quebrarão a paleta de cores tradicional do design de interiores e, ao mesmo tempo, imprimirão personalidade ao ambiente.

Invista na reciclagem

O design industrial tem tudo a ver com a reciclagem e o reaproveitamento de móveis e objetos. Quanto mais rústico, melhor! A pegada do industrial é fortemente visual e, além de belo, o reaproveitamento ainda permite que você economize e ajude o meio ambiente.

Além da reciclagem, você também pode recuperar peças que marcaram os lares dos seus avós, por exemplo. Móveis de herança e vintage vão super bem no industrial! Afinal, o estilo é tão icônico que permite a mescla com uma enorme variedade de tendências.

Dessa forma, a mistura do familiar advindo do reaproveitamento com as características exóticas e marcantes do design industrial criarão um ambiente único e sofisticado. Como o ambiente industrial é neutro, recheá-lo com móveis e objetos em cores vibrantes cria um contraste sensacional, por exemplo. Como você viu, as possibilidades são infinitas!

Valorize as cores

Como já mencionamos, a paleta de cores tradicionais do design industrial pode ganhar nova vida se você souber bem como complementá-la.

As características estruturais do industrial fazem com que lares que sigam esse estilo sejam repletos, principalmente, de cinza, branco, marrom e vermelho. Cores que contrastem com essas, como azul, verde, preto, rosa e amarelo podem criar pontos de destaque interessantes quando surgirem em objetos e móveis.

Com isso, você traz vida e irreverência ao ambiente, evitando que ele fique excessivamente pesado ou até mesmo monótono. Além disso, esses objetos e cores são uma forma excelente de transmitir mais da personalidade do morador.

Utilize madeira para trazer conforto

A madeira também combina perfeitamente com o design industrial, mas tem o diferencial de trazer conforto e aconchego para o estilo. Portanto, você deve saber usá-la.

Em uma casa decorada com o design industrial, a madeira pode aparecer justamente em ambientes em que o conforto é mais necessário, como o quarto e o escritório. A madeira transmite aconchego a partir de sua estética natural, que contrasta com a frieza do estilo fábrica do restante do imóvel.

Traga beleza com o uso do vidro

Em meio ao concreto, cimento e aço, o vidro é outra opção para evitar que o imóvel decorado com o estilo industrial fique na mesmice ou se torne excessivamente pesado.

Aparecendo em pontos certeiros, como na cozinha ou na sala, o vidro deixa o espaço mais clean, evitando que o lar passe a impressão de ser bagunçado ou mal cuidado. Ele também contribui para a elegância e a personalidade própria do estilo.

Procure móveis funcionais

Praticidade e funcionalidade são duas palavras-chave do industrial. Portanto, além de aparecer no estilo, elas também devem ser levadas em consideração na hora de escolher os móveis para compor cada ambiente.

Além de serem funcionais, estantes altas também vão bem com a ideia de amplitude do estilo industrial. Invista também em prateleiras com designs diferenciados, camas com baús, gavetas e armários com espelhos.

Abuse das estampas geométricas

Especialmente nas roupas de cama e nas almofadas que vão decorar a sala ou o quarto, as estampas geométricas combinam perfeitamente com o design industrial.

Elas se destacam em meio aos tons sóbrios desse tipo de design e, ao mesmo tempo, complementam muito bem o restante da decoração. Se quiser ousar ainda mais, invista também em cortinas com estampas geométricas!

Complete com plantas

Para trazer mais cor e vivacidade ao design industrial, acrescente pelo menos algumas plantas e/ou flores no ambiente para complementar seu projeto de interiores!

O verde também trará calor ao imóvel, deixando-o mais aconchegante para o morador. Acrescentar pelo menos um vaso de flores ou de folhagens já fará uma grande diferença para o conjunto da obra.

E então, pronto para fazer um projeto de interiores baseado no design industrial? Antes de colocar a mão na massa, compartilhe este post nas suas redes sociais e leve nossas dicas sobre o estilo para seus colegas, amigos e clientes!

Compartilhe este artigo

Artigos relacionados

tela-de-projeto-renderizado-no-promob-plus
Designers e Arquitetos

Promob Eleva o Padrão na Expo Revestir 2024 com suas Inovadoras Soluções de Software para o Setor Moveleiro

Renderização: aprenda 3 técnicas para encantar clientes e aumentar as vendas
Marcenaria, Designers e Arquitetos

Renderização: aprenda 3 técnicas para encantar clientes e aumentar as vendas

Dicas essenciais para otimizar espaços em apartamentos pequenos: ressignifique as paredes, integre ambientes, aposte em portas de correr e móveis sob medida e multiúso. Transforme seu lar compacto em um ambiente aconchegante e funcional!
Designers e Arquitetos

5 dicas para otimizar o espaço em apartamentos pequenos

plugins premium WordPress

Inscreva-se

Acompanhe artigos, dicas e tutoriais sobre o mercado moveleiro.