Indicação de clientes: 5 dicas para aumentar na sua marcenaria

Indicação de clientes: 5 dicas para aumentar na sua marcenaria

indicação de clientes para marcenaria

Conquistar novos clientes não é tarefa fácil. Com o mercado atual cada vez mais competitivo, as pessoas têm se tornado mais exigentes, buscando produtos personalizados e atendimento de primeira qualidade em qualquer situação. Por isso, a indicação de clientes pode ser uma forma confiável e eficaz de turbinar as vendas da sua marcenaria.

Mas não é só isso: conseguir clientes por meio de indicação é uma prospecção bem mais barata para o seu negócio. A propaganda boca em boca, além de mais eficaz, custa bem menos do que realizar um trabalho de mídia. E, após a conquista do cliente, você tem muito mais possibilidades de retê-lo, pois este modelo de prospecção costuma levar a um maior índice de retenção.

Mas como conseguir boas indicações? Veja, abaixo, 5 dicas para conquistar clientes por meio da propaganda boca em boca:

1. Cuide da qualidade do seu trabalho

Quem trabalha com marcenaria sabe que a qualidade vem em primeiro lugar. Por mais que você tenha agilidade e rapidez nas entregas, processos modernos e automatizados, o maior valor percebido pelo cliente está na estrutura, beleza e durabilidade dos móveis que você comercializa.

Com isso, um trabalho bem-feito acaba se tornando um objeto de desejo para quem frequenta a casa do seu cliente, e é daí que podem surgir boas indicações.

2. Preste um atendimento de primeira linha

O atendimento é um aspecto muito valorizado por clientes hoje em dia, em qualquer setor. E não se engane: atender bem não é só oferecer um cafezinho para o cliente e ser cordial com ele.

Atendimento de primeira linha significa, além do que já foi citado, solucionar a demanda do cliente com rapidez, qualidade e personalização dos produtos. Se você não tem o que o cliente precisa, no momento em que ele precisa e não se dispõe a conseguir, seu atendimento não foi satisfatório.

E um dos principais fomentadores da propaganda boca em boca é o bom atendimento. Portanto, capriche na forma como você atende seus clientes atuais.

3. Peça um feedback para seus clientes atuais

Se você quer ter uma ideia de como tem sido a percepção dos clientes a respeito da sua marcenaria, peça um feedback para eles. Muitas vezes, o gestor acaba mergulhando na rotina e não percebe os pequenos vícios de trabalho do dia a dia.

Um feedback do cliente pode levá-lo a aprimorar processos, trazer mais qualidade para o produto e, consequentemente, trazer novos clientes.

4. Ofereça descontos em troca de indicações

Uma prática comum e eficiente para quem quer conseguir indicações de clientes é oferecer descontos em troca de indicações.

Se você tem uma carteira fiel de clientes, eles podem lhe ajudar com a propaganda boca em boca. Mas você pode tornar essa propaganda mais efetiva, conversando com cada um e oferecendo descontos em compras futuras.

5. Relacione-se bem com atuais e futuros clientes

Uma relação próxima entre gestor e clientes só faz bem para o negócio. Faça uma lista com os nomes indicados pelos seus atuais clientes e procure entrar em contato com essas pessoas, falando sobre o seu trabalho e convidando-as para conhecer a marcenaria.

Viu só como você pode potencializar seus negócios por meio da indicação de clientes? Se quiser ter acesso a mais conteúdos como este, curta nossa página no Facebook!

Compartilhe este artigo

Artigos relacionados

Renderização: aprenda 3 técnicas para encantar clientes e aumentar as vendas
Marcenaria, Designers e Arquitetos

Renderização: aprenda 3 técnicas para encantar clientes e aumentar as vendas

O mercado moveleiro está em constante expansão no Brasil e o Rio Grande do Sul lidera o cenário. Saiba mais sobre a importância da Promob para esse setor.
Fábricas, Marcenaria

Setor moveleiro: conheça os estados brasileiros que se destacam

Maquina CNC
Marcenaria

CNC para marcenarias: como utilizar essa tecnologia no trabalho com madeira

plugins premium WordPress

Inscreva-se

Acompanhe artigos, dicas e tutoriais sobre o mercado moveleiro.